• São Paulo (11) 2795-3666

Dry-Treat X impregnantes comuns

A tecnologia Dry-Treat é exclusiva. Existem 2 diferenças principais muito importantes entre os impregnantes Dry Treat e os impermeabilizantes penetrantes comuns:

1) A BARREIRA DO DRY-TREAT. As moléculas impermeabilizantes especialmente projetadas do Dry-Treat são centenas de vezes menores do que aquelas dos impermeabilizantes comuns. Assim, elas penetram muito mais profundamente, e podem até penetrar profundamente em materiais muito densos, como por ex. o granito. As moléculas impermeabilizantes especiais do Dry-Treat também continuam a migrar mais profundamente no material por até um mês, encontrando novos locais para se ligarem.

2) Ligação permanente. Os impregnates do Dry-Treat se ligam permanentemente através de um processo de reações químicas, e na verdade se tornam parte da estrutura molecular da pedra. O processo de ligação é explicado em detalhe no final da seção 2.

A Barreira Repelente do Dry-Treat – barreira repelente substancial contra água e óleo

Barreira de repelente Dry-Treat

A barreira repelente substantial contra água e óleo é suficientemente profunda para fornecer proteção contra molduras de quadro, eflorescência, estilhaçamento, danos por congelamento-descongelamento mais corrosão e crescimento de bactérias na profundidade do material tratado.

 

 

  • O óleo e a água são repelidos
  • A umidade pode escapar como vapor
  • Líquidos e sais não podem se mover através da barreira de Dry-Treat
  • Piso
  • O Dry-Treat cria uma barreira permanente e profunda Camada de Argamassa
  • Concreto/Terra
  • Lençol Freático

 

Impermeabilizantes Penetrantes Comuns – penetração limitada – nenhuma barreira protetora substantial

As moléculas impermeabilizadoras dos impermeabilizantes penetrantes comuns são muito grandes para penetrarem profundamente em poros menores de materiais mais densos como o granito. Em vez de formarem uma barreira profunda, eles principalmente formam um micro-revestimento sobre a superfície. Esse micro-revestimento protege contra manchas superficiais (1), mas sem uma barreira substancial, a água que carregue minerais dissolvidos estará livre para se mover e causar (2) molduras de quadro, (3) eflorescência de sal, (4) estilhaçamento e danos por congelamento-descongelamento, (5) corrosão e crescimento de bactérias em profundidade no material tratado.

Impermeabilizantes Penetrantes Comuns

  • Chuva
  • Piso
  • Camada de Argamassa
  • Concreto/Terra
  • Lençol Freático

 

Impregnantes DRY-TREAT-META CREME™ x Impermeabilizantes

Impregnantes DRY-TREAT (META CREME™ STAIN-PROOF™)

As moléculas especiais penetram profundamente e formam uma ligação química permanente dentro dos poros do material:

  • Duração prolongada – mais de 15 anos.
  • Uma garantia de desempenho de 15 anos por escrito pode ser emitida quando eles forem aplicados por um Aplicador Credenciado. Não exigem o uso de limpadores Dry-Treat especiais para manter a garantia.
  • A profunda barreira repelente líquida fornece proteção contra manchas E molduras de quadro, eflorescência, escamação, danos por congelamento-descongelamento, corrosão e crescimento de bactérias em profundidade.
  • Penetram mesmo em materiais densos como granito, porcelana polida e mármore.
  • Resistem a produtos químicos alcalinos de limpeza domésticos e comerciais, e técnicas comerciais de limpeza como mangueiras de pressão.
  • As moléculas menores não bloqueiam os poros – retêm um grau mais alto de impermeabilidade – permitem que a água escape como vapor d’água, e impedem que a umidade prejudicial aumente dentro do material.
  • Trabalham a partir de dentro dos poros. Mantêm a resistência da superfície contra escorregões.
  • Mantêm o aspecto original da superfície.

META CREME™ – a próxima geração

  • Teor ultra baixo de VOCs (Compostos Orgânicos Voláteis) – abaixo de 100g/L pelo método 24 da EPA – Califórnia. Satisfaz totalmente as normas da EPA (Agência de Proteção Ambiental dos EUA) e da LEED (Leadership in Energy and Environmental Design – Liderança em Energia e Projeto Ambiental).
  • Controlam a profundidade de penetração – pela quantidade de tempo que o META CREME é deixado para penetrar na superfície.

Impermeabilizantes

Os fluorocarbonos (ex.: Teflon), silicone, siloxano, acrílicos polimerizados – não penetram profundamente nem se ligam permanentemente:

  • Curta duração, especialmente em superfícies comerciais e outras de alto tráfego. Reaplicar a cada 6 a 36 meses, dependendo do tráfego.
  • As garantias (quando existem) requerem o uso constante de produtos de limpeza caros e patenteados. Eles contêm mais impermeabilizante para cobrir o impermeabilizante que foi gasto.
  • Somente fornecem proteção temporária contra manchas – uma barreira insuficiente para proteger contra outros graves problemas comuns.
  • Moléculas muito grandes para penetrarem profundamente ou em pequenos poros de materiais densos.
  • Facilmente laváveis / desgastam-se. Precisam ser regularmente reaplicados.
  • As moléculas maiores podem obstruir parcialmente os poros, e retardar a permeabilidade.
  • Formam uma micro-camada sobre a superfície – que pode mudar as propriedades de atrito quando a mesma é molhada.
  • Moléculas maiores – podem causar o efeito de ‘sombra’ em áreas nas quais mais produto foi aplicado, isto é, onde existe uma sobreposição de camadas.
  • Muitos impermeabilizantes penetrantes a base de água populares nos EUA não se adéquam completamente às normas do LEED ou da EPA.

© Dry-Treat Pty Ltd, Março de 2009. Confidencial. Para ser visualizado e distribuído somente a Distribuidores e Revendedores Dry-Treat.

Voltar ao Topo